Divina Pecadora

Zé Fortuna & Pitangueira

Compositor: Não Disponível

Quem vê você nesse ambiente pecadora, não acredita que tens nobre coração
Nesse ambiente sua vida sofredora, encontrou chances de poder ganhar o pão
O seu filhinho que é o espelho do passado, você o adora com afeto maternal
Sustenta ele com o fruto do pecado, por isso mesmo seu pecado é divinal.

Também do lodo nasce a flor que não tem nome, você é a flor que sobre o pântano brotou
Maior pecado cometeu aquele homem, que sem abrigo pelas ruas lhe deixou
Para poder matar a fome do filhinho, na boemia o alimento foi buscar
Igual a ave que entre espinhos faz o ninho, para poder os seus filhinhos abrigar.

Para que um dia seu filhinho seja um homem, e não se acanhe de sua mãe que o criou
Esconda dele seu passado e seu nome, que a sorte ingrata sobre a lama atirou
Quando seu corpo repousar na campa fria, na sua tumba nem seu filho irá lhe ver
Porque não sabe que viveu pra ele um dia, e que por ele sofreu tanto até morrer.

©2003- 2018 lyrics.com.br · Aviso Legal · Política de Privacidade · Fale Conosco desenvolvido por Studio Sol Comunicação Digital