O Desfecho da Piada

Zé Fortuna & Pitangueira

Compositor: Não Disponível

Põe, põe, bastante atenção
No desfecho da piada para ver se entende ou não. (bis)

A primeira piada é daquele português que estava andando numa rua escura,
Um ladrão saltou em sua frente e gritou: - pare!
E o português: - ímpare.

Sujeito distraído era aquele fulano que entrou num velório,
Assoprou as velas, cortou um pedaço do defunto e cantou parabéns...

A noiva falando pro noivo: - meu bem, quando vamos nos casar?
E ele: - durma aí e fique quieta, tá?

O galo falando para a galinha infiel: - pegue seu ovo e rua!

O filho do português chega em casa, surpreende seu pai tentando beijar a empregada
E grita: - avança, pai!
E o português: - deus te avançoi, meu filho.

O padre fazendo casamento:
- se alguém souber de algo que possa impedir este casamento,
Que fale agora ou cale-se para sempre.
Alguém gritou: - eu sei!
- então, fale.
- eu não. se eu falar, quem casa sou eu!

Ainda na igreja o padre dizia:
- não cobiçar a mulher do próximo...
Alguém gritou:
- ai, agora sei onde esqueci meu guarda-chuva...

Você sabe o que a banana descascada disse para o menino?
- ai, que vergonha, estou pelada!

©2003- 2018 lyrics.com.br · Aviso Legal · Política de Privacidade · Fale Conosco desenvolvido por Studio Sol Comunicação Digital